I Seminário de Pesquisa em Literaturas de Língua Portuguesa


O I Seminário de Pesquisa em Literaturas de Língua Portuguesa: Entrelaçando Saberes aconteceu nos dias 29 e 30 de setembro, no auditório do Departamento de Educação (DEDC), Campus XIV, por meio do Programa de Pós-Graduação lato sensu em Literatura Baiana, do Núcleo de Pesquisa e Extensão e dos grupos de pesquisa Escrita da Ausência na Literatura Brasileira e Portuguesa e Contemporâneos – Grupo de Estudo e Pesquisa em Literatura Brasileira e Contemporânea.

Com o objetivo de propor uma ampla discussão acerca da relevância do pesquisador e do seu papel intelectual na sociedade do século XXI, a abertura do evento contou com a apresentação da performance corporal A voz do corpo: literatura em movimento, com a convidada Leilanne Lima, artista do Núcleo de Dança Fênix. A mesa de abertura foi composta com a participação da diretora do departamento, Profa. Rosane Vieira, e com o coordenador do Nupe e organizador do evento, Prof. Adriano Eysen, que destacou a importância deste evento para o fortalecimento da pesquisa em literatura no Campus: “É um momento essencial para que nós possamos compartilhar os saberes, as experiências acadêmicas e de vida, com o intuito de que os nossos alunos e colegas estejam depois disseminando essas reflexões, e que possam propor novos trabalhos e eventos, não só voltados para o ensino, mas também para a pesquisa”.

A palestra de abertura, O ensino das Literaturas de Língua Portuguesa na Bahia, foi ministrada pela Prof. Rita Aparecida Coelho Santos, presidente da Cátedra Fidelino de Figueiredo (UNEB). Ela destacou como a Cátedra Fidelino de Figueiredo tem contribuído com a formação de professores de literatura na UNEB: “Nós temos promovido eventos de extensão e também pesquisas voltadas para duas linhas, uma sobre o patrono Fidelino de Figueiredo, porque consideramos que ele é uma porta de entrada para essa discussão sobre ensino de literatura na nossa universidade. Estamos agora publicando um livro, fruto de um congresso que nós fizemos em Portugal, Lisboa e Porto no ano passado, e numa versão brasileira neste ano, realizado na USP e na UNEB, Campus I em Salvador. A outra área de pesquisa é voltada para história, memória e literatura. Nesta área, nós temos promovido eventos de extensão e também desenvolvido um trabalho no Gabinete Português de Leitura”.

Questionada sobre a possibilidade de uma parceria entre a Cátedra Fidelino de Figueiredo com o departamento, a professora diz: “Eu estou muito feliz com a proposta do Prof. Adriano, de criar um centro de estudos portugueses aqui, o projeto da Cátedra prevê isso, que nós tenhamos vários centros de estudos nos departamentos da UNEB. Teremos uma parceria profícua, assim será um centro muito dinâmico, fomentará a pesquisa e os cursos de pós-graduação no tocante não só aos cursos de Letras, mas de História também”. A palestra foi coordenada pela Profa. Andréa Mascarenhas, que lançou seu livro Escutas de Conchas, projeto que marca a história de encontro entre os professores de Literatura neste campus e nos estudos literários. Esteve presente também o Prof. Edvaldo Boaventura, da Academia Baiana de Letras, que ministrou uma palestra sobre a criação da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), abordando seu contexto histórico e social. O professor realizou o lançamento do livro Viagens a Caminho do Saber. Sobre sua visão em relação ao projeto de UNEB inicial e o que a mesma se configura hoje o professor relata: “O grande objetivo desde a criação da UNEB era que ela atingisse todo o estado da Bahia, mas essa progressão está sendo mais rápida do que eu pensava, não só em extensão como em profundidade. Eu que estou na pós-graduação desde o início, de maneira que quando eu vejo esse esforço, de uma jovem unidade de ensino, que conta com 24 doutores, lutando ferozmente para ter um mestrado, eu acho isso formidável, isso é um crescimento em profundidade. Em 1983, eu não podia pensar nisso”.

O encerramento do I Seminário de Pesquisa em Literaturas de Língua Portuguesa: Entrelaçando Saberes foi marcado com a palestra Ensino e Pesquisa em Cursos de Pós-graduação na Universidade do Estado da Bahia, ministrada pelo Prof. Hugo Saba (UNEB), o qual apresentou um panorama sobre a realidade da UNEB, no tocante à sua estrutura em ensino de pós-graduação e pesquisa. Em sua abordagem, o professor destacou a importância de agrupar departamentos para construir ações coletivas, como forma estratégica de posicionamento e fortalecimento na produção por parte dos projetos de pesquisa.

Ascom – UNEB/C. do Coité

Compartilhe